7 motivos para você fazer planejamento de ano novo

Para a maioria das pessoas, a passagem de ano é apenas uma oportunidade para reunir os amigos e os familiares. Para outros é um momento de curtir, “tomar todas” ou encher a barriga de comidinhas deliciosas. Mas esse é um bom momento também para analisar e refletir o que alcançamos no ano que passou e fazer uma plano de ano novo para os próximos 12 meses de suas vidas. Isso porque é na virada do ano que nos inspiramos para seguir nas lutas do dia a dia dentro de uma nova perspectiva, na qual teremos mais 12 meses para alcançarmos aquilo que realmente desejamos. São mais 365 dias! 8.760 horas!!!

Você já parou para pensar o que você vai fazer com esse tempo? Essa é uma questão que vale nos debruçarmos sobre ela. Vou explicar o motivo disso aqui no blog da Altiva Foco em Pessoas.

O que acontece de verdade

Iniciamos o ano com muitas expectativas e motivações, sabendo que teremos o ano inteiro para realizar e fazer o que desejamos. Fazemos listas e listas mentais com aquilo que queremos para nós e que desejamos alcançar em diversas áreas da vida (carreira, financeiro, relacionamento, etc.). Porém, a maioria das pessoas mantém seu planejamento somente no campo das ideias, sem fazer nenhum registro ou plano de ação que a ajude a definir as estratégias e soluções que podem ajudá-la a atingir o objetivo final.

Outro problema é que, se o pAltiva Pessoaslano fica somente no campo das ideias, com o passar do tempo, as ações que foram idealizadas acabam caindo no esquecimento. Assim, quando chega o meio do ano, a pessoa já não se lembra de mais nada daquilo que pensou como ações para o ano. E o pior: quando ela se dá conta, já é final do ano novamente e efetivamente conseguiu dar nenhum passo à frente nas questões que poderiam fazer a diferença em sua jornada.

Percebo essa história se repetindo muitas vezes com outras pessoas que converso sobre esse assunto. Noto que a maioria das pessoas hoje não se preocupa em registrar um plano de ação e de vida para o ano novo. Isso pode parecer metódico demais para você, mas estruturar um plano, mesmo que simples e direto, de ações para o ano novo realmente faz a diferença.

7 motivos para você investir em um plano de ano novo

Nesse sentido, um bom plano de ações para o ano novo pode trazer alguns benefícios para a sua vida. Confira abaixo 7 motivos para você fazer o seu!

1) Auxilia na reflexão e seleção de projetos e ações, de forma mais criteriosa. Esse primeiro passo é fundamental para ajudar a determinar o que realmente é mais importante e precisa ser realizado durante o ano. Gente, isso é muito importante, pois dependendo da situação ou da pessoa, é muito fácil definir um número maior de projetos e ações para desenvolver durante o ano do que a real capacidade de execução pessoal que temos. Digo isso porque eu mesmo já dei essa mancada. Uma vez, fiz o plano todo bonitinho…

Nesse ano que estava com muita vontade de fazer inúmeras coisas diferentes e acabei colocando muitas atividades para desenvolver. Mas, à medida que o ano foi passando, percebi que não iria conseguir fazer tudo. Com isso, fiquei com um sentimento de fracasso, mas porque lá no início não defini direito meus objetivos do ano e não selecionei com critério os projetos e ações que precisava desenvolver. Por isso, para criar seu plano de ano novo, estabeleça seus objetivos para o período.

Depois, reflita e selecione os projetos e ações de acordo com os objetivos já escolhidos. Dessa forma, você terá uma visão mais realista e palpável sobre os projetos e ações que você deseja encabeçar, sem se deixar levar por devaneios da vontade e d desejo humano. Assim, você poderá visualizar todas as ações, analisar o volume e a complexidade de cada uma, fechando um plano específico para o seu momento de vida, realista, alcançável e mensurável;

2) Possibilita deixar claro qual é o melhor caminho para se alcançar as metas e objetivos propostos. Com a definição dos projetos do ano, é importante também definir quais as ações e as metas para cada um deles. Escolher as ações e as metas faz parte da estruturação da estratégia do plano, ou seja, é estabelecer o que e como é melhor ser feito (aqui falamos Altiva Pessoasdos conceitos de eficiência e eficácia). Imagine que você vai viajar de férias e precisa estruturar seu roteiro.

Você define o destino desejado, mas para chegar lá você precisa escolher o meio de transporte mais adequado. Se você está em Minas Gerais e escolher, por exemplo, ir para Fortaleza, no Ceará, você tem opções diferentes de transporte. Você pode ir de carro, ônibus, avião ou de navio. Mas, dependendo dos seus objetivos com a viagem, a escolha pelo meio de transporte é fundamental para que você chegue a tempo no seu destino. Se você tem somente cinco dias de férias e deseja conhecer somente Fortaleza, o ideal é ir de avião. Mas, se você dispõe de mais tempo, tem espírito aventureiro e deseja fazer um tour pelo nordeste brasileiro, talvez a melhor opção seja ir de carro mesmo.

O mesmo acontece em nossa vida. Precisamos avaliar aonde queremos chegar para estabelecer o como chegar lá. Pensando dessa forma, é possível desmembrar o projeto em pequenas ações que o auxiliarão a alcançar as metas e os objetivos finais;

3) Possibilita o estabelecimento dos prazos de cada projetos e/ou ação. Com as ações de cada projeto definidas, fica fácil estabelecer os possíveis prazos para cada projeto seja realmente finalizado. Os prazos são parte importante do plano. Na verdade, tudo que fica sem prazo, ninguém faz e acaba sendo esquecido ou deixado de lado. Ainda precisamos de cobranças para realizamos as coisas, mesmo que ela seja de você mesmo. Por outro lado, muitas pessoas somente realizam seus deveres se estiverem com “a corda no pescoço”, ou seja, com o prazo apertado para entregar.

O ideal não é ficar com essa urgência nos projetos, mas sim administrar os compromissos e afazeres para que sempre o que é importante seja realizado dentro do prazo estabelecido, mantendo a qualidade e o compromisso com o projeto. Procrastinar as ações não é bom, mesmo porque isso ainda pode gerar um acúmulo de tarefas e gerar estresse. Estruture o seu plano e estabeleça os prazos de cada ação sabendo que tudo isso pode ser adequado com o passar do tempo e desenvolvimento do projeto;

4) Auxilia na visualização dos projetos dentro da linha do tempo do ano. Com a definição dos projetos e das ações que auxiliarão o alcance dos objetivos, você pode tornar o seu plano visual e ter mais noção de como as ações foram distribuídas. Isso definitivamente ajuda na organização, no acompanhamento e no controle das ações planejadas e pode ser feito de maneiras diferentes por meio do uso de um programa de edição de textos, de elaboração de planilhas ou de gerenciamento de projetos, ou até mesmo desenhando no papel mesmo. A forma não importa. O interessante é você utilizar essa ferramenta para analisar como você distribuiu as ações e verificar se em algum momento você não ficou com muita coisa para fazer;

Altiva Pessoas

5) Auxilia a não deixar nenhuma ação cair no esquecimento, se o plano for acompanhado adequadamente. Como eu disse anteriormente, uma das grandes vantagens do planejamento é que ali fica tudo registrado. Se você se esquece de algum detalhe, durante o acompanhamento das ações você se atenta para algum detalhe que estava passando batido. Enfim, é uma ótima ferramenta para não ficarmos tentando guardar tudo na cabeça, sendo que temos ferramentas de apoio para isso.

6) Oferece informações palpáveis ao final do ano para análise de como foi o seu desempenho. Chegou o final do ano novamente e, se deixarmos a cargo da memória, não conseguiremos fazer nenhuma boa reflexão sobre nossos avanços (ou não) durante o ano que passou. Por isso, estruturar o plano de ano novo te ajudará também nessa questão. Deixará claro os pontos que foram desenvolvidos e aqueles que precisam ter mais atenção no próximo período.Altiva Pessoas

7) O registro potencializa a realização. Como último item, mas não menos importante, vale ressaltar que quando registramos nossos propósitos, desejos ou aspirações, fornecemos, de alguma forma, força para a sua realização. Assim, quando extraímos o que está em nosso inconsciente transportando para o consciente por meio de um registro, reforço daquilo que estou buscando. Enfim, Não vou entrar em detalhes, mas já comprovei pessoalmente e com o feedback de outras pessoas que isso funciona, não só para o plano de ano novo, mas também para outras coisas em nossa vida.

Se esses 7 motivos te convenceram a montar um plano de ano novo, ótimo! Mas você deve estar se perguntando por onde começar??? Saiba que isso é perfeitamente normal! E para te ajudar a estruturar o seu plano de ano novo, mande um e-mail  para a Altiva Foco em Pessoas que te ajudo a levantar algumas ideias. No próximo post vou dar algumas dicas para te ajudar nessa questão. 

Agora, se você ainda não se convenceu de que o plano de ano novo é uma boa para você, não se preocupe. Cada um tem a sua forma de buscar a sua realização pessoal. Se essa não é a sua, continue procurando que você vai encontrá-la! É isso que desejo a você!

Até a próxima e um feliz 2017 para todos! É o que a Altiva Foco em Pessoas deseja para você e sua família!!!